Monday, April 09, 2007

GRUSSAÍ ETERNAMENTE

O azul do céu junto ao mar é tão bonito! O vento invisível também é bonito, aprisionado no movimento que impõe sem cessar às coisas de peso escasso e plano. Tão lindas são as pessoas procurando o mar num fim de semana, saindo de suas casas aos bandos, pescadores de um mergulho surpreendido no peixe que não trazem. Ou, quer saber, que afinal nem procuravam posto que um mergulho é apenas um mergulho e as pessoas não são mais do que elas próprias, bonitas como elas próprias, não como pássaros no ofício sobrevivente de pescar. São tão bonitas as ruas nessa vilazinha lambida de mar que o sol forte dissolve em poeira e que o vento amontoa em terreno irregular num traçado sem lógica e que a prefeitura não manda calçar só para não quebrar o encanto. Ou que manda calçar algumas apenas, porque também há quem tenha pressa no andar e no correr de automóvel, seja para o desfrute, seja para escapar urgente do silêncio ou da poesia de uma cidadezinha qualquer. O mar de cor imprevisível é tão bonito! As ondas que vêm e vão em direções contrárias, e as que vêm em direções contrárias numa pororoca de suores, e as que vão em direções contrárias que as sereias chamam de muitas direções, e a espuma branca contrastando ontem com o chocolate, hoje com o severo verde militar, amanhã, quem sabe? Com o translúcido verde de todas as águas. Tão bonito aquele oásis no areal imenso sob um céu incomensurável à beira de um mar desmedido que parece debruçar-se na praia, tão frágil aquele oásis de madeira de mangue e cobertura de palmeira, batido pelo vento incessante e pelo burburinho das pessoas que procuram o mar de mergulho, as crianças que não querem sair, os velhinhos que gostariam de entrar, os que estão vivos, os que vão morrer... Lembra nonagenária a avó de Saramago dizendo O mundo é tão bonito e eu tenho tanta pena de morrer, porque, vamos que não apareça ninguém mais comovido.

2 Comments:

Blogger Cleir said...

Xuuuuuuuuuuuuuuu, amei ver vc escrever sobre Grussaí, de tantas tardes, tantos sóis, tantos pedidos pras estrelas cadentes, tantos agradecimentos à Iemanjá, tantas caminhadas e shows e banhos de mar à noite. Essa nossa estrada que vai dar sempre em algum mar...o mesmo mar que desagua em algum céu e algumas cervejas debaixo do sol caliente onde nos perdemos e nos encontramos sempre juntos e perdidamente cúmplices. Te amo pra sempre.

7:59 PM  
Anonymous Anonymous said...

Bonjour, cronolorgias.blogspot.com!
[url=http://cialistyli.pun.pl/ ]Acheter cialis en ligne[/url] [url=http://viagrantor.pun.pl/ ]Acheter viagra online[/url] [url=http://cialisesse.pun.pl/ ]Achat cialis [/url] [url=http://viagrailli.pun.pl/ ]Achat viagra [/url] [url=http://cialischwa.pun.pl/ ]Achat cialis en ligne[/url] [url=http://viagratitu.pun.pl/ ]Acheter viagra en ligne[/url]

3:14 PM  

Post a Comment

<< Home